Desfiles são sempre eventos legais, descolados e divertidos para quem gosta de moda, mas poucos são tão fofos quanto este desfile apoiado pela modelo canadense Coco Rocha.

Ele aconteceu no dia 10 de dezembro, em Nova York, e foi organizado pela fundação sem fins lucrativos Runway Heroes, que tem como missão criar desfiles de moda para crianças com câncer, dando uma oportunidade única para que elas se divirtam e ganhem mais autoconfiança.

Além disso, todo o dinheiro arrecadado na venda dos ingressos é destinado à clinicas que pesquisam tratamentos mais eficazes para o câncer infantil.

Dessa vez, o desfile para caridade levou mais de 30 crianças, entre 2 e 12 anos de idade, para a passarela, e a modelo trabalhou como uma mentora para todas as modelos mirins, ensinando a elas como desfilar com seus vestidos criados pela grife Kleinfeld Bridal, conhecida por ser o cenário do reality show “O Vestido Ideal”.

A modelo também levou a filha, Ioni Conran, de apenas 3 anos, para ajudá-la na tarefa. E essa nem foi a primeira vez que Ioni desfilou ao lado da mãe, já que as duas apareceram juntas na Paris Fashion Week, em 2017, no desfile da grife Jean-Paul Gaultier.

Côco Rocha com a filha durante o desfile.

Coco usou o Instagram para compartilhar fotos e vídeos do evento e também dizer que estava orgulhosa de todas as pequenas modelos envolvidas no desfile: “Essas lindinhas lutam contra o câncer e arrasam na passarela! Foi muito divertido trabalhar com essas pequenas heroínas”.

A modelo canadense já é reconhecida pela personalidade. Coco foi descoberta aos 14 anos, por um scouter, enquanto participava de um concurso de dança e logo ficou marcada pela agilidade e criatividade na hora de posar para fotografias.

Modelo Côco Rocha

Ela também é conhecida por não esconder o que pensa. Em uma época em que as modelos eram tratadas como musas que não podiam demonstrar sua opinião, a modelo foi contra a regra e utilizou a internet para compartilhar seus pensamentos e ideais.

Coco foi uma das primeiras modelos a criticar os padrões impostos na indústria da moda, o uso excessivo de Photoshop para retocar imagens e dizer que não faria trabalhos nua ou seminua por causa de sua religião.

Atualmente, ela já publicou um livro ensinado como fazer suas poses icônicas em ensaios, fundou uma agência de modelos chamada Nomad Mgmt e continua a utilizar as redes sociais para compartilhar seu cotidiano como modelo e também a vida pessoal.

Modelo Côco Rocha

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu Nome