Conhecer a história de mulheres que venceram o câncer de mama é uma parte importante da conscientização que todas nós devemos ter não só no Outubro Rosa, mas durante todo o ano.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, o câncer de mama é o segundo tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele. Por isso, é importante fazer o autoexame e consultar médicos regularmente.

Acima de tudo, a melhor maneira de combatê-lo é o identificando nos estágios iniciais! A seguir, veja algumas histórias de mulheres que venceram o câncer.  

Julia Louis-Dreyfus

Mulheres que venceram o câncer de mama

Julia Louis-Dreyfus, 58 anos, é uma atriz de comédia muito conhecida por seus papéis nas séries Seinfeld e Veep. Em setembro de 2017 ela decidiu compartilhar nas redes sociais que havia sido diagnosticada com câncer. “Uma a cada 8 mulheres tem câncer de mama. Hoje, eu sou uma”, disse a atriz no Twitter.

Ela precisou passar por seis sessões de quimioterapia e uma mastectomia dupla, com o propósito de eliminar as células do câncer. Nesse meio tempo, Julia contou com o apoio de seus colegas de elenco e até de Hillary Clinton.

Um ano depois a atriz contou que estava curada do câncer e usou a atenção da mídia para falar sobre a importância da saúde pública de qualidade para todos.

Ericka Hart

Ericka Hart é uma modelo conhecida por vencer o câncer de mama
Imagem: @ihartericka

A modelo e ativista Ericka Hart sem dúvida é uma das vozes mais ativas na luta na conscientização contra o câncer o de mama. Quem acompanha os desfiles da grife Chromat pode já conhecê-la.

Em 2014, aos 28 anos, Ericka foi diagnosticada e precisou passar por uma mastectomia dupla, assim como diversas sessões de quimioterapia. Logo após vencer o câncer, para demonstrar que é possível recuperar a autoestima, a modelo começou a postar fotos onde mostrava as cicatrizes das cirurgias nos seios.

Hoje, ela tem mais de 200 mil seguidores no Instagram e diz que sua relação com o corpo é melhor do que nunca.

Ana Furtado

A apresentadora Ana Furtado entrou para a lista das mulheres que venceram o câncer de mama

A apresentadora Ana Furtado, é um grande exemplo brasileiro de mulheres que venceram o câncer de mama. Ela falou pela primeira vez sobre a luta contra a doença em maio de 2018 e este ano compartilhou que está comemorando o Outubro Rosa curada!

Ana é muito aberta a falar sobre suas experiências e no que a incentivou a continuar batalhando contra o câncer. “Entendi que o câncer é uma ameaça, mas não é o fim, é o começo”, disse a apresentadora no Congresso Todos Juntos Contra o Câncer, em 2019.

Sheryl Crow

Sheryl Crow é um exemplo do que é possível quando o câncer é diagnosticado no início

Sheryl Crow é uma cantora americana conhecida pele sua luta contra o câncer de mama. Ela foi diagnosticada aos 44 anos, após fazer uma mamografia como um exame de rotina, pois não tinha casos de câncer na família.

“Eu não estava pensando no diagnóstico. Estava apenas fazendo o que precisava fazer, que era ficar em dia com os exames de mamografia. Foi um choque”, contou a cantora.

Como foi diagnosticado em um estágio inicial, após algumas sessões de quimioterapia Sheryl foi curada. Por isso, é importante realizar seus exames regularmente e também o autoexame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu Nome