Nesta edição de Setembro, a revista norte-americana Vogue lança a notícia de que não vai mais trabalhar com modelos menos de 18 anos.

A revista admite que após todos esses anos de utilização de “crianças” vestidas e apresentadas como adultos glamurosos, não acontecerá novamente.

“Não é correto para nós, para nossos leitores e não é correto para esses jovens modelos que competem para aparecerem nas páginas de nossa revista. Não podemos reescrever o passado, mas nos comprometemos com um futuro melhor.” – trecho do artigo na revista Vogue de setembro.

Em teoria, esta decisão significa que modelos como Kaia Gerber (filha de Cindy Crawford) não poderá aparecer em produções fotográficas da Vogue até Setembro de 2019 – data em que completa 18 anos.

Modelo Kaia Gerber, 17 anos, já desfila para grifes gigantes. (Filha da top model Cindy Crawford)
Top Models – mãe e filha (Kaia e Cindy)

Associação de Designers da America apoia decisão

Em conjunto com a revista norte-americana, o Council of Fashion Designers of America (CFDA) apoiou a decisão de aumentar a idade mínima aconselhada para modelos trabalharem – até agora 16 anos – para os 18.

“Os jovens modelos ainda estão a desenvolver-se. Podem ter falta de confiança, força, experiência e maturidade necessárias para lidar com as pressões deste trabalho”, afirma o presidente e CEO do CFDA, Steven Kolb.

Finalmente uma decisão importante como esta foi tomada. As pessoas querem ver rostos jovens nas revistas de moda, mas não imaginam o que a modelo passou para chegar até ali.

São desafios diários que demandam maturidade, foco, cabeça firme. E adolescentes estão em fase de desenvolvimento, não estão prontos para a realidade que a indústria fashion demanda.

Modelos vestindo Valentino

Movimento #MeToo

O movimento #MeToo também teve impacto na indústria da moda, expondo casos de modelos vítimas de assédio sexual ou colocadas em potenciais situações de perigo.

A Condé Nast (que além da Vogue detém outras publicações como a Vanity  Fair e a GQ) anunciou logo em Outubro 2017 que iria deixar de trabalhar com Terry Richardson devido às várias acusações de agressão sexual que há anos recaiam sobre o fotógrafo – as quais sempre negou – e em Janeiro deste ano o grupo dispensou também futuras colaborações com Mario Testino e Bruce Weber.

Backstage

As agências DNA Models e The Society Management comprometeram-se também, a partir deste mês, a deixar de propor modelos menores de idades para desfiles na América do Norte, anuncia ainda a Vogue. No caso da DNA Models, abre-se apenas uma excepção para modelos menores atualmente agenciados que já tenham participado de uma semana da moda.

A Rio Model Management trabalha com modelos maiores de idade na China.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here