Como prevenir o câncer de pele é um assunto muito delicado, mas que deve ser tratado com seriedade. Você sabia que este é o tipo de câncer mais comum ao redor do mundo, de acordo com pesquisas? Sim, esta é uma condição que afeta muitas pessoas e precisa ser mais discutida.

Sua principal causa está ligada a exposição da pele sem proteção aos raios ultravioletas, UVA e UVB. E com o verão chegando, e grandes mudanças climáticas ocorrendo nos últimos tempos, é importante saber quais são as formas de prevenção dessa doença.

A seguir, veja informações essenciais de como prevenir o câncer de pele.

1. Evite contato do sol forte com a pele

Como prevenir o câncer de pele? Evite contato direto com o sol
Como prevenir o câncer de pele? Evite contato direto com o sol

Ficar em contato direto com o sol das 10 às 16 horas é algo que você deve evitar o máximo possível no dia a dia. Porque nesse período a radiação UVB é elevada, o que pode provocar queimaduras e, com o passar do tempo, o câncer de pele.

Para quem não puder evitar, a dica é usar roupas como proteção, chapéus, bonés e óculos escuros. Além do protetor solar, que vamos falar abaixo.

2. Sempre passe protetor solar

Passe protetor solar para se prevenir contra queimaduras e câncer de pele
Passe protetor solar para se prevenir contra queimaduras e câncer de pele

Não importa se o dia está nublado, se está chovendo lá fora ou quase escurecendo, você sempre deve usar protetor solar! Acamada de ozônio foi muito afetada pela poluição nas últimas décadas, e, como resultado, não nos protege completamente dos raios ultravioletas.

Para o rosto, escolha um protetor solar apropriado para seu tipo de pele com um FPS 30 ou maior. Já para o corpo, escolha um protetor solar com FPS 15 no mínimo.

3. Evite queimaduras de sol

A pele perde proteção toda vez que sofre queimaduras
A pele perde proteção toda vez que sofre queimaduras

Se você sabe que é uma pessoa que se queima com facilidade, então tome cuidado extra toda vez que ficar muito exposta ao sol. Para pessoas com peles claras e com tendência genética ao câncer, queimaduras de sol podem aumentar a chance do surgimento de câncer de pele.

Pense nas queimaduras como um machucado, quanto mais machucada a região, mais difícil será para a pele se curar.

4. Bronzeamento e o câncer de pele

Evite sessões de bronzeamento aumentam o risco de câncer de pele
Sessões de bronzeamento aumentam o risco de câncer de pele

O bronzeamento para as brasileiras é visto como algo quase com obrigatório, mas infelizmente este hábito faz muito mal para a nossa saúde.

De acordo com dados da organização americana Skin Cancer Foundation sessões de bronzeamento nunca fazem bem a saúde e aumentam o risco de diversos tipos de câncer de pele.

Como você deve imaginar, câmaras de bronzeamento artificial também são estritamente proibidas. Seus danos são tão intensos quanto os da radiação solar ou até mesmo maiores.

5. Vá ao dermatologista uma vez ao ano

Vá ao dermatologista no mínimo uma vez ao ano
Vá ao dermatologista no mínimo uma vez ao ano

A melhor maneira de se prevenir contra qualquer doença é consultar um profissional de tempos em tempos. Principalmente se souber que tem tendência genética à doença em questão.

Além disso, um dermatologista pode te indicar os melhores protetores solares para a sua pele e outros tipos de prevenção.

Se você acha que está com sintomas da doença procure um médico. De acordo com informações do Hospital do Câncer de Barretos, o câncer de pele tem chance de 100% de cura quando diagnosticado nos estados iniciais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu Nome