Oi gente! Tudo bem com vocês?

Hoje eu vou compartilhar com vocês o dia em que eu conheci um Templo Budista aqui na China!

 

Templo Xiao Guang!

 

Nesse domingo eu, a Larissa e a Sandra fomos até Beijing Lu, uma rua aqui de Guanzhou, onde fica o Templo Xiao Guang! E vou mostrar pra vocês um pouquinho desse lugar!

A nossa selfie não pode faltar!

E a minha primeira impressão desse lugar? É lindo demais!

São tantos detalhes e o clima é bem agradável, nunca vi nada parecido!

Essa árvore tem mais de 280 anos!

Vai dizer que não é lindo? Eu fiquei encantada com todos os detalhes e com as pessoas naquele lugar.

E você sabe o maravilhoso significado de acender o incenso?

Os budistas acreditam que quando se acende o incenso,os aromas e a fumaça se espalham por todo o lugar e assim também deve ser a nossa existência, espalhando boas ações, compaixão, ética e moral! 

Acendendo o incenso!

O incenso é uma metáfora da nossa vida na terra, que é finita, mas enquanto existir deve espalhar seus perfumes iluminando todo plano terrestre!

Eu acho muito lindo esse significado!

Esse é o templo budista mais importante e mais antigo da cidade de Guangzhou.

É muito incrível ter a oportunidade de conhecer novos lugares, novas culturas, novas pessoas. É uma experiência que me faz amadurecer cada vez mais.

E conhecer um pouco sobre essa religião também faz parte!

“A filosofia budista é guiada pelos ensinamentos de Buda, e acredita que o caminho para a libertação está na consciência,que pode ser alcançada por práticas e crenças espirituais, como a meditação e o yoga.”

É uma das maiores religiões do mundo, com milhares de praticantes em todo o mundo e não só no oriente.

 Muitas pessoas têm um preconceito sobre essa religião, mas sabe o que eu tenho? Respeito! Eu acredito que do mesmo jeito que queremos respeito, temos que saber respeitar.

‘Vamos nos levantar e ser gratos, porque se nós não aprendemos muito hoje, pelo menos aprendemos um pouco, e se nós não aprendemos um pouco, pelo menos não ficamos doentes, e se ficamos doentes, pelo menos nós não morremos; assim, vamos todos ser gratos.”

Isso é tudo pessoal! Espero que vocês tenham gostado de saber um pouco sobre esse lugar e essa religião, que não é a minha religião mas como eu disse, eu respeito!

Um beijo e até a próxima!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu Nome