Nós amamos quando as tendências de moda são simples e fáceis de adaptar ao nosso cotidiano. Mas a moda também é uma expressão de arte, e todos os anos designers preparam peças especiais que nos deixam suspirando com tanta beleza.

Este ano não foi diferente e as grifes trouxeram desfiles deslumbrantes para a temporada de alta-costura 2019. A seguir, veja alguns destaques.

Iris van Herpen

Modelo no desfile de alta-costura 2019 de Iris van Herpen
Iris van Herpen Alta-Costura 2019

Provavelmente o desfile de alta-costura mais comentado durante a temporada foi o de Iris van Herpen. A designer alemã de 35 anos já é conhecida como uma visionária na indústria, utilizando tecnologia de ponta, como corte a laser e impressão 3D, em suas criações.

Desta vez, Iris trouxe sua nova coleção com o nome de “Hypnosis”, em parceria com o artista americano Anthony Howe, que criou uma escultura inspirada nas ilusões de ótica por onde as modelos entravam na passarela.

O desfile foi repleto de vestidos que pareciam esculturas em movimento e deixaram todos maravilhados.

Dolce & Gabbana

Isabeli Fontana desfilando com vestido inspirado na deusa Hera
Isabeli Fontana com vestido inspirado na deusa Hera

Conhecida no mundo da alta-costura, a Dolce & Gabbana não ficou para trás e também fez um dos maiores desfiles de alta-costura em 2019. Com uma coleção inspirada na Grécia Antiga, o desfile teve com cenário o Templo de Concórdia, em Roma, um complexo construído cinco séculos antes de Cristo!

Além disso, todas as 125 peças no desfile foram confeccionadas à mão e cada uma delas levava o nome de uma deusa Grega. A modelo brasileira Isabeli Fontana foi quem fechou o desfile, com um vestido feito de tule de seda inspirado na deusa Hera.

Elie Saab

Desfile da grife Elie Saab
Vestido Elie Saab Alta-Costura 2019

Se você já pesquisou vestidos de gala no Pinterest ou Instagram, provavelmente já se deparou com algumas das criações luxuosas do designer Elie Saab.

Para sua coleção 2019, além de trazer modelagens e bordados característicos da grife, o designer trouxe a cultura da Ásia Oriental como inspiração.

Vários vestidos foram inspirados nos típicos quimonos e trouxeram estampas como dragões e nuvens. Outro destaque foram os cintos largos e chamativos que marcavam a cintura em quase todas as peças, uma das maiores tendências da temporada.

Valentino

Desfile de alta-costura 2019 da grife Valentino
Modelo Lauren Hutton desfilando para a Valentino

No começo do ano falamos sobre o desfile da Valentino que levou 38 modelos negras para desfilarem as criações da grife. Agora, o diretor criativo, Pierpaolo Piccioli, continua a mostrar que está atualizando a imagem da grife e celebrando cada vez mais a diversidade dentro da moda.

Os críticos descreveram o desfile de alta-costura como uma celebração das mulheres de todas as etnias e idades. Um dos grandes destaques do show, cheio de nomes conhecidos no mundo da moda, foi a participação da modelo Lauren Hutton, atualmente com 75 anos de idade!

Dior

Modelo no desfile de alta-costura 2019 da Dior
Modelo Mona Tougaard fechando o desfile da Dior

Nesta estação, a Dior também utilizou sua coleção para celebrar as mulheres e o feminismo. Maria Grazia Chiuri, primeira mulher a frente da grife, utilizou como inspiração o livro “Are Clothes Modern?” onde o autor, Bernard Rudofsky, questiona as roupas femininas que restringem e atrapalham a movimentação.

Como resultado, as peças da coleção foram feitas com tecidos leves e todas as modelos usaram rasteirinhas ao invés de salto alto! Ela também fechou o desfile com chave de ouro, com um vestido de casa de boneca dourado criado pela artista Penny Slinger

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu Nome