Os melhores momentos da New York Fashion Week são sempre grandes acontecimentos que influenciam todas as passarelas ao redor do mundo. Portanto, este ano não foi diferente!

Os grandes designers, marcas e grifes apostaram em criar verdadeiras experiências para o público e não apenas mostrar suas coleções de forma básica. Além disso, muitas grifes demonstraram estar mais abertas a diversidade.

Veja a seguir os melhores momentos da New York Fashion Week 2019.

O luxo de Ralph Lauren na New York Fashion Week

Os melhores momentos da New York Fashion Week
Imagem: @ralphlauren

Entre tantos momentos grandiosos na New York Fashion Week, o desfile de outono/inverno 2019 de Ralph Lauren com certeza foi o que mais chamou atenção dos fashionistas. O designer não escolheu uma passarela convencional para o desfile, mas sim um “clube de jazz”, em Wall Street.

Dessa maneira, todos os convidados foram levados para uma viagem ao glamour dos anos 50, onde supermodelos desfilaram com vestidos luxuosos e brilhantes, além de ternos femininos modernos.

Outra grande atração do desfile foi a cantora Janelle Monáe, que fez um show cantando grandes sucessos de Jazz e interagindo com a plateia.

Os melhores momentos dos 10 anos da Chromat

Nós já falamos da Chromat na Rio Magazine. Ela é uma marca de maiôs e biquínis que abraça a diversidade como nenhuma outra no mercado atualmente. Dessa forma, para comemorar 10 anos de existência, eles não mudaram sua identidade!

Modelos de todos os gêneros, tamanhos, idades e deficiências desfilaram utilizando a nova coleção da marca com cores neon. A modelo Tess Holliday desfilou com vestido estampado com a frase “tamanho único”, lembrando uma das peças icônicas da marca.

O desfile com apenas uma modelo

O desfile com apenas uma modelo entrou para os melhores momentos
Imagem: Tomo Koizumi

Em contraste com os grandes desfiles da temporada, que utilizaram luxo e lugares inusitados para impressionar, o designer Tomo Koizumi chamou atenção apenas com 7 peças autorais e uma modelo.

Ariel Nicholson, uma modelo trans de apenas 18 anos, foi escolhida por Koizumi para desfilar todas as peças! Toda a performance aconteceu na frente dos convidados, que, de acordo com resenhas, saíram maravilhados com a inovação e criatividade do designer e da modelo.

O show de Pyer Moss na New York Fashion Week

Pyer Moss fez um show durante a New York Fashion Week
Imagem: The New York Times

Pyer Moss novamente levou uma multidão de fãs e fashionistas para o Brooklyn, bairro onde ele cresceu em Nova York. O designer e a grife estão ligados a cultura negra, e a inspiração para a coleção foi Rosetta Tharpe, considerada a mãe do Rock ‘n’ Roll.

O desfile aconteceu em um teatro, com um coral de mais de 90 pessoas! Além disso, algumas peças da coleção foram criadas em colaboração com Richard Phillips. O artista passou 45 anos preso por um crime que não cometeu e ganhou uma nova oportunidade com a grife.

A modelo de 9 anos que fez história

A modelo de 9 anos fez história nos desfiles das grifes
Imagem: Art Hearts Fash

No meio de tantas grifes famosas, quem fez história foi uma garotinha de 9 anos chamada Daisy-May Demetre. Ela se tornou a primeira criança com duas próteses a desfilar para uma grife na New York Fashion Week!

Daisy-May é britânica e, apesar da deficiência, planeja ser uma supermodelo no futuro. “Estou me sentindo muito orgulhosa”, disse a modelo mirim sobre nos bastidores do desfile.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu Nome